radicais da coreia do norte matarão um homem por causa de um filme

Homem será fuzilado na Coreia do Norte por vender pen drives com ‘Round 6’

Homem será fuzilado na Coreia do Norte por vender pen drives com 'Round 6'

O estudante que comprou o material foi condenado à prisão perpétua, segundo informações da Radio Free Asia

Parece mentira, fake news ou um capítulo absurdo de uma série ficcional, mas não é. Um homem será executado por um pelotão de fuzilamento na Coreia do Norte após ter entrado no país com pen drives com a série sul-coreana “Round 6”, sucesso na Netflix, e vendido os dispositivos de armazenamento de dados para estudantes. A plataforma de streaming não tem exibição no país, por isso o homem levou a série, de acordo com as autoridades, de maneira ilegal. As informações são do grupo de radiodifusão Radio Free Asia, corporação internacional financiada pelo governo dos Estados Unidos.

Foto: Netflix/Reprodução

Segundo o grupo, as autoridades conseguiram prendê-lo depois de encontrar estudantes assistindo a trama, que conta a história de pessoas com dificuldades financeiras que aceitam participar de um campeonato macabro inspirado em jogos infantis, cujo prêmio é milionário, mas muitos não sairão dali com vida. “Round 6” se tornou a série mais assistida da Netflix em todos os tempos, vista em ​​por 100 milhões de assinantes em 111 milhões de lares.

O estudante que comprou o pen drive também sofreu uma pena e foi condenado à prisão perpétua. Outros seis estudantes que tiveram acesso ao material e viram “Round 6” podem passar cinco anos em trabalhos forçados. A perseguição na Coreia do Norte também chegou às escolas. Funcionários e professores de uma instituição onde a série foi exibida foram demitidos e serão realocados para trabalhos de “minas remotas”.

Compartilhar isto:

portalentorno

    O seu portal de notícias e entretenimento! Não utilizamos leis de incentivo ou qualquer forma de financiamento com dinheiro público. Para informar qualquer erro ou sugestões para o nosso portal, por favor entre em contato conosco através do email [email protected]