Em convenção realizada no último dia 29 pelo PL em Goiás, Bolsonaro lançou Vitor Hugo como seu candidato a Governador do Estado de Goiás e disse: "Se formos eleitos, nossa afinidade será uma constante."

ELEIÇÕES 2022: Bolsonaro lança Vitor Hugo em Goiás. “Se formos eleitos, nossa afinidade será uma constante”

Em convenção realizada no último dia 29 pelo PL em Goiás, Bolsonaro lançou Vitor Hugo como seu candidato a Governador do Estado de Goiás e disse: "Se formos eleitos, nossa afinidade será uma constante."

O Deputado Federal Major Vitor Hugo (PL-GO) foi oficializado nesta sexta-feira, 29, em convenção do PL de Goiás, como candidato a governador do Estado. 

Major Vitor Hugo foi líder do Governo Federal na Câmara dos Deputados de janeiro de 2019 a agosto de 2020, e foi quem propôs ao Presidente Jair Bolsonaro aumentar o Auxílio Emergêncial para R$600,00.

A convenção lotou a sede do clube Jaó em Goiânia.

Mesmo antes de seu lançamento como candidato a Governador, Vitor Hugo, já vem demonstrando crescente desempenho nas pesquisas para as intenções de voto no estado, subindo uma média de 2-3 pontos percentuais a cada mês.

Além da disputa pelo governo estadual, também ficou definida a candidatura de Wilder Morais ao Senado. O nome de vice ainda não foi anunciado.

“A convenção delegou poderes para a Comissão Executiva Estadual do PL para até 5 de agosto deliberar sobre possíveis coligações e também sobre a escolha da vice ou do vice e suplentes”, disse Major Vitor Hugo, em coletiva de imprensa.

A convenção lotou a sede do clube Jaó em Goiânia.

A caminho da convenção, que aconteceu no Clube Jaó, Jair Bolsonaro também participou de motociata com apoiadores.

O Atual governador Ronaldo Caiado pode ser candidato ao lado de Lula

Possível apoio de Bivar a Lula surpreende líderes do UB em Goiás

Conforme noticiado pelo veículo Jornal Opção, ontem (29/07), o União Brasil, partido de Ronaldo Caiado poderá apoiar Lula como Presidente da República.

Ronaldo Caiado (União Brasil), atual governador, é apontado com 37% das intenções de voto, ex-bolsonarista,  rompeu com o Palácio do Planalto por não concordar com a posição do Presidente em relação a preservação da economia e a política sanitária do país.

As medidas do Presidente Jair Bolsonaro para preservação da economia Brasileira se mostraram  positivas conforme informações do FMI (Fundo Monetário Internacional) noticiadas pela Revista OESTE.

Compartilhar isto:

portalentorno

    O seu portal de notícias e entretenimento! Não utilizamos leis de incentivo ou qualquer forma de financiamento com dinheiro público. Para informar qualquer erro ou sugestões para o nosso portal, por favor entre em contato conosco através do email [email protected]