Povo cubano sai às ruas e clama por liberdade e abaixo a ditadura.

ABAIXO A DITADURA: Cubanos saem às ruas e clamam por liberdade

População desarmada sai ás ruas e clama por "Liberdade" e "Abaixo a Ditadura". Governo bloqueia internet e redes sociais. País permanece incomunicável.

Um dos maiores protestos no país dos últimos 60 anos. Gritando “liberdade” e “abaixo a ditadura”, centenas de cubanos saíram às ruas neste domingo (11/07) em várias cidades de Cuba.

O presidente Miguel Díaz-Canel solicitou aos apoiadores do governo que saíssem às ruas para “enfrentá-los”. População de Cuba foi desarmada nos últimos anos.

“Estamos convocando todos os revolucionários do país, todos os comunistas, a tomarem as ruas e irem aos lugares onde essas provocações acontecerão”, disse o presidente em uma mensagem transmitida em todas as redes de rádio e televisão da ilha na sequência dos protestos.

Por meio das redes sociais, dezenas de cubanos transmitiram ao vivo as manifestações que começaram na cidade de San Antonio de los Baños, a sudoeste de Havana, e se espalharam para outras cidades, de Santiago de Cuba, no leste, até Pinar del Río, no oeste.

Nas transmissões, um grande grupo de pessoas era visto gritando palavras de ordem como “Liberdade” e “Abaixo a Ditadura” e contra o governo, contra o presidente Miguel Díaz-Canel.

Compartilhar isto:

portalentorno

    O seu portal de notícias e entretenimento! Não utilizamos leis de incentivo ou qualquer forma de financiamento com dinheiro público. Para informar qualquer erro ou sugestões para o nosso portal, por favor entre em contato conosco através do email [email protected]