© Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados Justiça

PF se nega a investigar ameaça contra mãe de Deltan Dallagnol

Getting your Trinity Audio player ready...

A Polícia Federal (PF) rejeitou a solicitação do ex-deputado Deltan Dallagnol (Podemos-PR), cassado recentemente pelo TSE, para investigar uma ameaça contra sua mãe. O pedido foi encaminhado ao superintendente da PF no Paraná, delegado Rivaldo Venânio, em 4 de maio, antes da cassação do mandato de Dallagnol pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 16 de maio. Com informações do Metrópoles.

Brasília (DF) 17/05/2023 Ex-Deputado cassado, Deltan Dallagnol, durante pronunciamento no salão verde da Câmara. Foto Lula Marques/ Agência Brasil.

No relato do incidente, Dallagnol apresentou uma captura de tela de uma mensagem recebida por sua mãe, na qual o autor afirma ter acesso ao CPF e ao endereço residencial dela, dizendo que o ex-procurador está “nos atrapalhando”. O autor da ameaça também menciona o número “13”, que corresponde ao partido político PT nas urnas eletrônicas, e faz uma referência ao ex-presidente Lula.

Diante dessa denúncia, Dallagnol solicitou a abertura de um inquérito policial para investigar os crimes cometidos e pediu que fossem tomadas medidas para identificar rapidamente os agressores. No entanto, a Polícia Federal decidiu negar o pedido, não fornecendo maiores detalhes sobre as razões dessa decisão.

Compartilhar isto:

portalentorno

    O seu portal de notícias e entretenimento! Não utilizamos leis de incentivo ou qualquer forma de financiamento com dinheiro público. Para informar qualquer erro ou sugestões para o nosso portal, por favor entre em contato conosco através do email portalentornodf@gmail.com