ABERT expressa preocupação sobre ação do MPF contra a Jovem Pan por disseminação de ‘notícias falsas’

ABERT expressa preocupação sobre ação do MPF contra a Jovem Pan por disseminação de ‘notícias falsas’

Getting your Trinity Audio player ready...

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão defende o respeito à liberdade de programação e livre prática do jornalismo

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) expressou grande preocupação com a ação movida pelo Ministério Público Federal (MPF) buscando revogar três concessões pertencentes à Jovem Pan. A estação de rádio é acusada de disseminar desinformação e notícias falsas.

“O respeito à liberdade de programação das emissoras é essencial para garantir a prática livre do jornalismo e a diversidade de opiniões, que devem ser preservados a todo custo,” enfatizou a Abert, que representa mais de três mil empresas privadas de rádio e televisão. “A Abert permanecerá atenta na defesa da liberdade de expressão e de imprensa, acompanhando as evoluções desta ação.”

 

Em comunicado, a Jovem Pan declarou que sua defesa será apresentada exclusivamente nos documentos processuais. A emissora reiterou seu compromisso de 80 anos com a sociedade brasileira e a democracia, ressaltando que, desde o ano passado, devido ao seu crescimento expressivo, tornou-se alvo de críticas.

O MPF alega que a Jovem Pan alinhou-se à campanha de desinformação no país em 2022 e início deste ano, transmitindo consistentemente conteúdos prejudiciais à democracia. De acordo com o MPF, as ações da emissora violaram diretamente a Constituição e as leis que regulamentam o serviço público de transmissão em rádio e TV.

Com informações do portal Hora Brasília

Compartilhar isto:

portalentorno

    O seu portal de notícias e entretenimento! Não utilizamos leis de incentivo ou qualquer forma de financiamento com dinheiro público. Para informar qualquer erro ou sugestões para o nosso portal, por favor entre em contato conosco através do email portalentornodf@gmail.com