Divulgação: Redes Sociais

Na presença de Fux, Bolsonaro lembra: “Forças armadas não dão recado”

Em seu discurso, na comemoração do Dia do Exército Brasileiro (19/04), o Presidente Jair Messias Bolsonaro criticou a transparência nas eleições e disse que sobretudo está a nossa liberdade.

"As forças armadas não dão recado, elas estão presentes, elas sabem como proceder, sabem o que é melhor para o seu povo e o que é melhor para o seu país, elas tem prestação ativa na Garantia da Lei e da Órdem, da nossa soberania e do regime ao qual o povo quer viver, e nós sabemos que esse regime acima de tudo está a nossa liberdade" disse Bolsonaro

Bolsonaro também lembrou que a nossa liberdade é garantida pelas Forças Armadas e que quem investe nas forças armadas está investindo em seu bem maior, a sua liberdade.

O presidente disse ainda que as forças armadas e o exército sempre estiveram presentes em todos os momentos difíceis do país, e citou como exemplo os anos de: 1922, 1935, 1964 e em 1986 onde Leônidas fez a transição “com os militares e não contra os militares”. Também agora em 2016 a participação do Comandante do Exército Vilas Boas marcou a nossa história.

"Não podemos jamais termos eleições no Brasil que sobre elas paire o manto da suspeição, e esse compromisso é de todos nós, presidentes dos poderes, comandantes de forças, a equipe obviamente direcionada ao trabalho do Sr. ministro da defesa, todos nós somos importantes, todos nós somos agentes desse processo, e eu tenho certeza que as eleições do corrente ano, seguirão seu ritmo normal, até porque, eu quero cumprimentar aqui o ministro Luis Barroso, que enquanto presidente do TSE, convidou as forças armadas a participar de todo o processo eleitoral. O que o povo quer é paz, é tranquilidade, é trabalho, é poder viver em armonia e trabalhar para que seu país de verdade seja uma grande nação."

Confira o discurso na íntegra:

Compartilhar isto:

portalentorno

    O seu portal de notícias e entretenimento! Não utilizamos leis de incentivo ou qualquer forma de financiamento com dinheiro público. Para informar qualquer erro ou sugestões para o nosso portal, por favor entre em contato conosco através do email [email protected]