Vilmar Rocha - Sabatina FIEG

FIEG:Vilmar Rocha reforça bandeira da reindustrialização de Goiás

Getting your Trinity Audio player ready...

Sabatina Senadores Eleições 2022 - Vilmar Rocha

Em iniciativa conjunta da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) e da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Goiás (Fecomércio-GO), a Casa da Indústria sedia hoje (13) sabatina com os oito candidatos mais bem posicionados nas pesquisas eleitorais a uma vaga no Senado Federal pelo Estado de Goiás. Amanhã, igualmente por meio da parceira entre as duas entidades e no mesmo local, será a vez de os postulantes ao governo estadual apresentarem suas propostas ao setor produtivo.

O presidente da Fieg, Sandro Mabel, que lidera missão empresarial em Israel, gravou um vídeo direcionado aos candidatos, em que reiterou a importância de conhecer as propostas de cada um deles para desenvolvimento socioeconômico do Estado, especialmente para o fortalecimento do setor produtivo. Presente na abertura da sabatina, o presidente da Fecomércio-GO, Marcelo Baiocchi, pontuou sobre a necessidade de os empresários acompanharem e fazerem proposituras para o setor industrial e comercial.

A conversa com os candidatos reúne presidentes de diversas entidades empresariais, a exemplo do Sindicato da Indústria da Construção no Estado de Goiás (Sinduscon-GO), Cezar Valmor Mortari; Sindicato da Indústria da Construção, Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica no Estado de Goiás (Sindcel), Célio Eustáquio de Moura, no exercício da presidência da Fieg; Sindicato das Indústrias Extrativas do Estado de Goiás e do Distrito Federal (Sieeg-DF), Luiz Antônio Vessani; Sindicato da Habitação do Estado de Goiás (Secovi), Ioav Blanche, além de empresários e convidados. 

Vilmar Rocha (PSD), primeiro candidato do dia a ser sabatinado, defendeu a reindustrialização do País, que vem gradativamente sofrendo os efeitos do fenômeno da desindustrialização. “Nós precisamos reindustrializar o Brasil e trabalhar em uma política pública nesse sentido. A indústria é a que gera os melhores empregos, e que está mais ligada às novas tecnologias, não há país relevante que não seja industrial, que não tenha uma forte base industrial”, destacou. 

Vilmar Rocha fez uma análise do perfil do futuro Congresso Nacional, que ele aponta como de centro-direita, reformista e sintonizado com políticas liberais para a economia. 

Sobre um dos maiores gargalos do setor produtivo, especialmente no pós-pandemia, a escassez de mão de obra qualificada, Vilmar Rocha reconheceu o trabalho realizado pelo Senai e Senac e refutou propostas oportunistas que eventualmente surgem de mudanças nas instituições responsáveis por formação profissional, argumentando que “não se deve mexer em algo que está dando resultado”. O candidato enfatizou que sua atuação política e todos os seus esforços serão para priorizar o ensino fundamental. “Vou colocar todo meu foco, todo meu poder de articulação para uma educação fundamental pública de qualidade”. 

Para rever a sabatina e acompanhar os demais candidatos, acesse o canal Youtube do Sistema Fieg, pelo Instagram e pelo Facebook da Federação. 

FONTE: Federação das Indústrias do Estado de Goiás

Compartilhar isto:

portalentorno

    O seu portal de notícias e entretenimento! Não utilizamos leis de incentivo ou qualquer forma de financiamento com dinheiro público. Para informar qualquer erro ou sugestões para o nosso portal, por favor entre em contato conosco através do email portalentornodf@gmail.com