fbpx

BOB JEFF: “Tornozeleira não aceito, é desonra.”

BOB JEFF: Tornozeleira "NÃO ACEITO. é desonra."

Ao recusar uso de tornozeleira eletrônica, Jefferson colocou hoje seus algozes em saia justa, sua prisão é considerada ilegal por muitos, até da esquerda.

“Agradeço, mas não aceito. É mais uma afronta à minha honra. Preso por crime de opinião, numa decisão indecorosa e arbitrária tomada por um ministro suspeito [Alexandre de Moraes], pois litigante pessoal contra mim, que está requerendo execução antecipada da sentença condenatória de cem mil reais, por alegados danos morais, que repilo”, escreveu o ex-deputado, em referência a ações que Moraes move contra ele, na Justiça de São Paulo, por danos morais.

E enfatizou: “Não aceito a coleira de tornozelo. Vejo o Zé Dirceu e o Lula, condenados por grave corrupção em todas as instâncias, no mérito, flanando pelo Brasil, ameaçando as Igrejas, defendendo a tomada do poder pela força e armando coletivos vermelhos como na Venezuela, para violentar o povo cristão e patriota. Pior: ameaçando derrubar, pela força, o governo honesto do presidente Bolsonaro. E para mim, como para outros conservadores, prisão domiciliar com tornozeleira, transformando meu lar num canil. NÃO ACEITO. É desonra. Não me fará outra humilhação e afronta a abominável e lombrosiana figura do Alexandre de Moraes. Fico onde estou”.

Entenda:

13/08/2021 – Roberto Jefferson foi preso por órdem do ministro Alexandre de Moraes.

27/08/2021 – PGR defendeu que Roberto Jefferson tivesse prisão domiciliar com uso de tornozeleira.

29/08/2021 – Roberto Jefferson se recusou a prisão domiciliar com tornozeleira.

30/08/2021 – PGR denunciou Roberto Jefferson por incitação ao crime por condutas previstas na Lei de Segurança Nacional e na lei sobre crimes raciais