Foto: TASS/Kremlin

Russia proíbe voos para 36 países, Brasil não está na lista.

Voos podem acontecer se houver um autorização especial da Agência Federal de Transporte Aéreo ou do Ministério das Relações Exteriores da Rússia

A Rússia fechou seu espaço aéreo para companhias aéreas de 36 países, incluindo todos os 27 membros da União Europeia, em resposta a sanções relacionadas à Ucrânia contra seu setor de aviação.

“De acordo com as normas do direito internacional, como resposta à proibição dos estados europeus de operar voos de aeronaves civis operados por transportadoras aéreas russas e/ou registradas na Rússia, foi introduzida uma restrição à operação de voos por transportadoras aéreas de 36 estados” afirmou o comunicado emitido pela Agência Federal de Transporte Aéreo da Rússia.

O comunicado informou ainda que os voos desses países podem acontecer se houver uma autorização especial da agência ou do Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

A Agência Federal de Transporte Aéreo da Rússia (Rosaviatsia) listou os países como Albânia, Anguila, Áustria, Bélgica, Bulgária, Ilhas Virgens Britânicas, Alemanha, Gibraltar, Hungria, Grécia, Dinamarca, Canadá, Croácia, Chipre, República Tcheca, Estônia, Finlândia, França, Jersey, Irlanda, Islândia, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Noruega, Polónia, Portugal, Roménia, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Suécia e Reino Unido.

O Brasil não está na lista.

Compartilhar isto:

portalentorno

    O seu portal de notícias e entretenimento! Não utilizamos leis de incentivo ou qualquer forma de financiamento com dinheiro público. Para informar qualquer erro ou sugestões para o nosso portal, por favor entre em contato conosco através do email [email protected]