Divulgação: Youtube

DALLAGNOL: COMBATE A CORRUPÇÃO FOI DESMONTADO NO BRASIL

EX-PROCURADOR da lava jato foi condenado a pagar R$75 mil ao Ex-presidente

Em entrevista ao Jovem Pan News hoje, (23/03/2022), Deltan Dallagnol comentou sobre sua condenação, e disse que o combate à corrupção no Brasil foi desmontado pelo STF e pelo Congresso Nacional.

"O STF acabou com a prisão em segunda instância, o Congresso Nacional derrubou as colaborações premiadas e derrubou também a improbidade administrativa" disse Deltan.

Os 5 ministros da 4ª turma do STJ que condenaram Deltan foram indicados por Lula e Dilma Rousseff ao STJ

Todos os 5 ministros da 4ª turma do STJ que condenaram o ex-procurador Deltan Dallagnol a indenizar Lula em R$75.000,00, foram indicados por Lula e Dilma Rousseff ao STJ

A 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) é composta pelo ministro Luis Felipe, indicado por Lula (PT), pela ministra Isabel Gallotti, indicada por Lula (PT), pelo ministro Raul Araújo, indicado por Lula (PT), Antonio Carlos Ferreira, indicado por Dilma Rousseff (PT) , Marco Buzzi, indicado por Dilma Rousseff (PT), todos os ministros foram indicados por presidentes do PT.

A ministra Isabel Gallotti foi a única a divergir

A única a divergir foi a ministra Isabel Gallotti, que afirmou que a atitude do ex-procurador estava embasada em recomendações feitas pelo Ministério Público à época.

“Não podemos julgar hoje com os conceitos de hoje fatos ocorridos no passado." disse a ministra Isabel Galllotti

"Ou seja, décadas atrás seria absurdamente contra o estatuto da magistratura e do Ministério Público a convocação reiterada de entrevistas coletivas com exposição de fatos e dizia-se que o juiz só se pronunciava nos autos. Os procuradores da República também não convocavam entrevistas para expor à população, prestar conta dos seus atos”, argumentou.

Ao fim de seu voto, a ministra afirmou que não concorda com as entrevistas concedidas por Dallagnol, mas que essa era a recomendação na época. 

Assista a entrevista na íntegra:

Compartilhar isto:

portalentorno

    O seu portal de notícias e entretenimento! Não utilizamos leis de incentivo ou qualquer forma de financiamento com dinheiro público. Para informar qualquer erro ou sugestões para o nosso portal, por favor entre em contato conosco através do email [email protected]